Calábria realiza capacitação de rede de proteção em Alvorada e Gravataí

O Centro de Educação Profissional São João Calábria, através do Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte (PPCAAM/RS), realizou capacitação da rede de proteção no município de Alvorada e Gravataí no início de julho.

As ações visam desnaturalizar o fenômeno da violência letal de crianças e adolescentes, além de discutir fluxos de atendimento e encaminhamento de casos ao respectivo programa de proteção. No encontro de Alvorada, estiveram presentes profissionais da alta e média complexidade da assistência social e conselheiros tutelares.

Na ocasião se definiu a necessidade de novos momentos para a construção de fluxos para atendimento dos casos pela rede local e Programa de Proteção. A previsão é que haja novos encontros para deliberar sobre o tema.

Já em Gravataí, estiveram presentes representantes do Conselho Tutelar, Juizado da Infância e Juventude e Ministério Público, que constituem órgãos aptos ao encaminhamento de casos ao Programa, de acordo com o Decreto Federal n. 6231/2007 e Decreto Estadual n. 53.675/2017.  

De acordo com o último Índice de Homicídios na Adolescência - IHA, Gravataí figura na 8ª posição entres os municípios gaúchos com maiores probabilidades de ocorrência de letalidade nessa faixa etária.  O Estado do Rio Grande do Sul é apontado com 19° maior índice entre as unidades federativas e Porto Alegre aparece na 11ª posição entre as capitais com os maiores índices.

O PPCAM/RS é executado pelo Calábria em parceria com os governos federal e estadual desde 2013.