Vida animal dos invertebrados chama a atenção dos jovens do Sase

Os educandos do Sase, do Centro de Cuidados do Calábria, estão vivenciando estudos e pesquisas sobre a vida de animais invertebrados. Com o auxílio da educadora Amanda Fedrizzi, em novembro os jovens conheceram informações sobre as baratas e as aranhas. 

 A educadora destaca que as baratas  contam com 3.500 espécies conhecidas e possuem apenas 5 a 7 gêneros que são consideradas ?domésticas?. Os educandos entenderam que elas servem de alimentos para outros animais, refletindo sobre a natureza e seu ecossistema. Já as aranhas, foi exposto que atualmente existem quase 40 mil espécies no mundo. No Brasil, são 4 mil espécies do animal. ?As crianças ficaram surpresas com a maior aranha do mundo! Que é a Aranha-Golias, conhecida como comedora de pássaros?, destacou Amanda. No final da atividade, os beneficiários observaram de perto algumas espécies e constataram as grandes diferenças entre uma e outra.